Les Paul Begins

Quais os segredos da construção de uma guitarra de braço colado? Que problemas iremos encontrar durante este processo? Quais as soluções criativas para resolvê-los? Que tipos de piadas existem para esse tipo de construção? Com quantos paus se faz uma Les Paul?

Venham para o fantástico mundo da luthieria onde quase tudo pode acontecer e sabemos que no fina tudo TEM que dar certo!

Dos mesmos diretores de BBBass, a mais recente produção luthierística:

::: LES PAUL BEGINS :::

Atores principais:
Corpo di Cedro
Braço del Maple

Madeira do braço cortada e colada com angulação para o headstock.
Essa mão é do Benedetti antes que me perguntem.
Ele que me ensinou a fazer braço com head angulado.

Dois contra um. Os grampos estão dando um mata-leão no braço, bem na região da colagem.

Corpo e braço já preparados para o começo da construção.

Braço fazendo esteira para ficar em forma: forma reta!

Mestre Henry Ho treinando o “Daniel San”.

Tirando as medidas: madeira reta, sem vãos. Qualquer imperfeição é compensada com lixa 80.

Foi nesse momento que eu disse: ainda bem que existe gabarito!

Linha central dividindo a peça ao meio do começo ao fim e linha na região de angulação do headstock para apoiar o gabarito na hora de desenhá-lo.

Centro da peça de madeira + centro do gabarito = desenho na madeira

Idem – podem reparar a linha central do gabarito do headstock com a linha central na madeira.

Gabarito completo posicionado com um espaçamento para o nut.

Are you nut?

Mesa ajustável com o braço prensado para fazer a cavidade do tensor. A linha central do braço é a referência para ajustar o centro de corte da tupia e a guia branca na lateral para a tupia manter seu curso…

Vista aérea do nosso Morcego Branco.

Corte da cavidade do tensor. Sou eu que faço o serviço pesado, tiro foto, escrevo, falo besteira e treino os atores… As vezes é bom aparecer no set de filmagens para mostrar serviço.

A profundidade varia de acordo com o tensor. Por isso é necessário medí-lo para não passar do ponto.

Esse é um trabalho simples, que requer muita atenção na montagem da guia para a tupia bem como a profundidade de corte. Claro que tudo isso não seria possível se a linha central não estivesse bem marcada.

Headstock fica para fora da base.

Abertura da cavidade da bala ou bullet do tensor.

Reparem que a tupia nesse momento invade o headstock que é para futuramente termos acesso ao ajuste do tensor.

Detalhe da cavidade entre o headstock e o braço.

Cavidade do tensor definida.

Agora o corte da peça.

Serra de fita cortando headstock.

Trabalhar esse tipo de junção do head não é fácil…tudo fica em função dessa parte e a produção tem que adaptar todas as atividades pro cara!

Serrando excesso de madeira do braço.

Estão vendo como eu trabalho? Vou mandar meu curriculo para a Warner!

Cuidar de artistas não é fácil! E esse Braço del Maple aí, é muito estrelinha…

O sucesso já subiu pro headstock dele…

Pronto. Cortado e Lixado.

O acabamento ainda está bruto, pronto para o acerto na tupia.

Agora é só colar o gabarito e tupiar o contorno do braço.

Gabarito colado.

Imobilização do sujeito para corte na tupia.

Tupia de coluna.

Fresa com rolamento no nivel do gabarito.

Acabamento onde a tupia não alcançou.

Ter algumas máquinas realmente ajuda muito. Essas são da B&H Escola de Luthieria – sede de toda produção.

E eis o braço pronto para receber o tensor e a escala.

Essa é uma história que começa com um conselho de um grande amigo e mestre – Henry Ho- sobre a importância da perseverança: ter firmeza e atitude para se desenvolver e evoluir.

E é isso que vou procurar expressar, a partir desta etapa que concluí do braço, em toda construção.

Além de trabalhar corpo e braço, tem que trabalhar a mente!

24 thoughts on “Les Paul Begins

  1. Leandro Pedroso

    É isso aí, Pauleira… Muito legal! Parabéns!

  2. Claudio Kezen

    Parabéns, Paula. Muito legal e engraçado seu post.

  3. Tchuls

    Ótimo. Mais uma aventura pra acompanhar.

    Beijo.

  4. Pauleira

    Valeu pessoal! Fico feliz que tenham gostado!
    Um abraço
    Paula

  5. Thiago Menezes

    Oi Paula, parabéns pelo seu blog. Tenho acompanhado e aprendido bastante nele!
    Vai usar qual madeira para o top da Les Paul?
    Um abraço!

  6. Valter Leite

    Estou ansioso para ver mais fotos mostrando a evolução da Les Paul.

  7. Valter Leite

    Muito legal.

    Pauleira, parabens pelo blog e pelo seu trabalho.

  8. Pauleira

    E já evoluiu mais! Essa semana coloco mais fotos! Abração

  9. vagner dolme

    Paulinha, muito legal seu projeto.
    Parabéns.
    Bjo.

  10. vagner dolme

    Paulinha, já terminou esse projeto ???

    Bjo.

    1. Pauleira

      Hahaha ainda não, faltam alguns detalhes técnicos! =)

  11. £uh

    Tava fuçando alguns sites de produção de instrumentos acústicos e achei esse…
    na boa, esse blog é muuuuuuuuuuuuito bom!!!!
    gostei demais!!!
    Parabéns mesmo….
    bjão

    1. Pauleira

      Luh…que bom! Espero que continue acompanhando! Um abraço

  12. Bruno Barros

    Meu que di mais essa guita ta ficando !!!!!
    gostaria de saber qaul o angulo de corte, voce da na medira para fazer o braço????? abraço ( rsrsrs braço abraço)

  13. Francisco Ivo

    Paula, excelente seu trabalho. Gostaria de saber se você tem ou se só faz sob encomenda esse braço da Les Paul para vender. Se caso positivo, você pode informar o valor e se você pode enviar para o Rio de Janeiro?

  14. Fabiano

    Oi Paula. Primeiramente, parabéns pelo site. O visual ficou muito bom, os posts bem detalhados e as fotos falam por si mesmas. Estou iniciando em lutheria como autodidata por enquanto e achei o site passeando pela internete. Gostaria, se fosse possível, de dicas de tipo de fresas para o contorno do corpo/braço e para a cabidade do tensor. Não tenho encontrado nada mais apropriado em sites do Brasil.
    Obrigado e parabéns pelo trabalho.

    1. Pauleira

      Fabiano, obrigada!!! Seja bem vindo, espero que aproveite sempre o conteúdo do blog. Por enquanto estou escrevendo mais sobre os dois projetos de construção que estou envolvida. Mas em breve postarei mais matérias técnicas para compartilhar meu conhecimento e experiência nessa área. Quanto as fresas, como eu ainda não precisei correr atras disso pois já tinha tudo na escola, acabei não especificando nada…mas valeu pela dica, vou estudar a idéia de escrever algo a respeito. Um abraço

  15. calil

    olhando parece facil mais requer muita atençao muito bom seu blog parabens pelo trabalho

    1. Pauleira

      Calil, é isso aí…requer toda a atenção na verdade hehe
      Um abraço e obrigada pela visita

  16. Juan Carlos

    Oi,legal acompanhar a matéria….eu já fiz curso de luthieria mas não pude concluir infelizmente.Acho muito legal ver esse passo-a-passo da construção,sempre tem uma curiosidade,um detalhe,etc.

    Ah,tenho uma Les Paul feita por Luthier,não sei quem foi que fez,pois já comprei ela usada de terceira mão(risos),mas é uma guitarra excelente,caprichada em todos os detalhes!

    Legal o seu trabalho,continue assim,vou passar a acompanhar o blog!!!

  17. Regis

    Paula, tem como construir uma guitarra sem gabarito? Só marcando a madeira com a planta?

    1. Pauleira

      Essa eu fiz dessa forma…sem gabarito nenhum…e na verdade, sem planta impressa…apenas consultei algumas plantas.

  18. Raphael

    Parabéns, Les Paula!

Deixe uma resposta

This is a demo store for testing purposes — no orders shall be fulfilled. Dispensar